quarta-feira, 21 de junho de 2017

Colaborador: José Augusto da CÂMARA TORRES


José Augusto da CÂMARA TORRES
(☆ Caicó, RN, 22.6.1917-✞Niterói, RJ, 22.8.1998) 
Jornalista, educador, advogado e político.


• Jornalista Profissional (repórter, redator, colunista, editor e correspondente) de diversos jornais e revistas de Caicó (RN), Niterói, Rio, Natal e Angra dos Reis e do extinto Serviço de Propaganda e Turismo do Estado do Rio de Janeiro, em momentos do período dos anos 1920 a 1952.
• Professor de História do Brasil, Língua Portuguesa, Literaturas Portuguesa e Brasileira, dos Colégios Salesiano, N. Sa. Das Mercês. e Ginásio Icaraí, de Niterói, nas décadas de 1930 e 1940.
• Técnico de Educação, por Concurso Público de provas e títulos, com defesa de Tese, oral e escrita, e Chefe da Primeira Inspetoria Regional de Ensino (Extremo Sul do RJ), de 1941-1953, com sede em Angra dos Reis, RJ.
• Deputado Estadual à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro por quatro mandatos sucessivos (1954-1970), representando, prioritariamente, Angra dos Reis e o Extremo Sul do Estado. Deixou, além de um notável legado de ética, probidade e coerência política, de nobres causas e lutas, de fidelidade aos seus representados, um importante patrimônio de leis e realizações, especialmente, na Educação, Cultura, e nos setores sociais e econômicos.
• Primeiro Secretário da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (1959-60).
• Membro do Conselho Estadual de Educação (1961-1962).
• Consultor Técnico de Educação do Estado do Rio de Janeiro, cargo no qual se aposentou.
• Secretário Estadual do Interior e Justiça (1968), com notáveis realizações, desenvolvimento e vanguardas promovidas nas áreas política, forense, penitenciária e das municipalidades.
• Secretário Estadual de Serviços Sociais (1971), com breve gestão de marcantes feitos.
• Advogado militante, eminente civilista, em todo o Estado do Rio de Janeiro, principalmente em Angra dos Reis e na Região Sul Fluminense, Niterói e Rio de Janeiro, de 1943 a 1998.
• Dirigente da OAB-RJ, onde criou e instalou as Subseções de Angra dos Reis e Paraty, presidindo a primeira em duas gestões.
• Intelectual ativo e produtivo durante toda a vida, é autor de um livro de ensaios, publicado aos 22 anos, e de centenas de outros ensaios, conferências, editoriais, artigos, reportagens, discursos em diversas áreas da Cultura, Ciências Humanas e Sociais (Sociologia, História, Direito, Política, Educação), Literatura e Folclore.
• Criador e modernizador de toda a estrutura física de Educação Pública Básica de Angra dos Reis e do Extremo Sul Fluminense, implantando administração, pedagogia, didática e serviços de excelência, adaptados à realidade regional, que alfabetizou e formou várias gerações de crianças e jovens.
• Membro Efetivo do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte e da Academia Valenciana de Letras; da Associação Brasileira de Escritores, um dos Fundadores do Instituto Histórico e Artístico de Paraty e Sócio Correspondente do Ateneu Angrense de Letras e Artes.
• “Cidadão Honorário” do Estado do Rio de Janeiro, de Angra dos Reis, Paraty, Rio Claro, Mangaratiba e outros municípios fluminenses.
• Detentor de dezenas de láureas e homenagens de instituições, públicas e privadas, políticas, educacionais, culturais, sociais, sindicais, filantrópicas, esportivas e religiosas nacionais e dos Estados do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Norte.
•  Primo dos Cardeais Dom Hélder Câmara e Dom Jaime de Barros Câmara; e do escritor Luís da Câmara Cascudo.

Autor: MARCELO Nóbrega da CÂMARA Torres in memoriam